Guarda Revolucionária do Irã treina manobra militar

A Guarda Revolucionária do Irã, uma força militar de elite, deu início hoje a uma manobra militar e advertiu que Israel e as forças navais dos Estados Unidos no Golfo Pérsico serão alvos primordiais caso a república islâmica seja atacada. Em sua página na internet, a Guarda Revolucionária anunciou ontem que a manobra começaria hoje e que os exercícios militares incluiriam "esquadrões de mísseis". Não foi informado, no entanto, onde ocorrem as manobras.Anualmente, tanto a Guarda Revolucionária quanto o Exército iraniano realizam regularmente duas ou três manobras militares. O treinamento de hoje ocorre apenas algumas semanas depois de Israel ter realizado uma manobra militar com aviões de guerra no Mar Mediterrâneo como parte de um treinamento descrito como ensaio para um ataque a instalações nucleares iranianas.Na página da Guarda Revolucionária na internet, o clérigo Ali Shirazi é citado dizendo que Tel-Aviv e os navios de guerra dos EUA no Golfo Pérsico estariam entre os alvos primordiais no caso de um ataque militar à república islâmica. "O regime sionista está pressionando a Casa Branca a preparar um ataque militar contra o Irã", diz a citação a Shirazi. "Se eles cometerem uma estupidez como essa, Tel-Aviv e a frota dos EUA no Golfo Pérsico seriam os alvos atacados na esmagadora resposta do Irã".Shirazi é um clérigo responsável por representar o aiatolá Ali Khamenei, líder supremo do Irã, na força naval da Guarda Revolucionária. Khamenei tem a palavra final sobre qualquer assunto de Estado no Irã.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.