Guardas de navio líbio abrem fogo contra barco tunísio

Uma pessoa morreu e outra está ferida

estadão.com.br,

27 de junho de 2012 | 17h00

Texto atualizado às 17h40

TÚNIS - Uma pessoa morreu após guardas de um navio guarda costeiro líbio abrirem fogo contra um barco pesqueiro tunísio nesta quarta-feira, no litoral da Líbia.

Veja também:

link Atentado contra a casa do cônsul da Tunísia em Trípoli

O pesqueiro, com 19 marinheiros, teria entrado em águas líbias e se recusado a obedecer as ordens do navio guarda costeiro, afirmou uma fonte, sob anonimato, do Ministério da Defesa. Com isso, os guardas abriram fogo, deixando duas pessoas feridas.

As duas foram levadas à Trípoli, mas uma delas morreu, segundo a agência oficial Agência Tunisia de Notícias (TAP). O incidente ocorre dias depois da extradição do primeiro-ministro libio Baghdadi al-Mahmudi, sem a autorização do presidente tunísio Mocef Marzuki.

Com AFP

 
Tudo o que sabemos sobre:
LíbiaTunísiamorte

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.