Guatemaltecos escalam vulcão para protestar

Cerca de 12 mil guatemaltecos caminharam até o topo do Vulcão da Água, de 3.760 metros, para protestar contra a violência doméstica no país. Entre os "alpinistas" estava Otto Pérez Molina, recentemente eleito presidente da Guatemala.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.