Guerra causa redução drástica de sérvios na Croácia

O número de sérvios na Croácia, segundo os resultados do primeiro censo após a guerra servo-croata (1991-1995), divulgado nesta segunda-feira, diminuiu em dois terços. A informação divulgada pelo Instituto Estatal de Estatística traz, segundo as autoridades, os resultados oficiais do censo de abril de 2001.Os sérvios, que, antes da guerra (censo de 1991), eram quase 600 mil, ou 12,5% da população, são agora apenas 201 mil, ou 4,54%. O último censo também aponta uma queda de 6,1% da população total em relação ao censo de 1991, estando agora reduzida a 4,43 milhões.Segundo as organizações de direitos humanos, houve duas grandes ondas de sérvios escapando da Croácia: uma em 1991, após Zagreb se declarar independente de Belgrado, e outra em 1995, após as operações militares em que a Croácia reconquistou o território controlado pelos rebeldes sérvios.Um dos líderes da minoria sérvia na Croácia, Milorad Pupovac, afirma que um grande número de sérvios declarou-se croata perante o censo para evitar hostilidades. Outros dados do censo mostram que os croatas constituem 89,6% da população do país.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.