Guerra do Iraque é principal preocupação dos americanos

A Guerra do Iraque é a questão mais importante para os americanos, que na terça-feira votarão nas eleições legislativas parciais. Segundo uma pesquisa divulgada pela rede de televisão CNN, 49%, de 873 eleitores consultados, tanto democratas quanto republicanos, disseram que o Iraque é "extremamente importante" em sua decisão eleitoral. Para 46%, o terrorismo ocupa o segundo lugar, segundo consulta feita pela empresa Opinion Research. O terceiro assunto mais destacado é a ética do governo (37%). Em quarto vem a crise nuclear da Coréia do Norte (35 %). Segundo a pesquisa, os americanos não estão preocupados com a economia. Para a maioria (62%), ela está em boa situação. A questão do Iraque ganhou força nos últimos dias depois de o ex-candidato presidencial democrata John Kerry dizer que os jovens sem sucesso nos estudos se vêem obrigados a ir lutar na guerra. A afirmação provocou uma onda de protestos. Kerry pediu desculpas aos americanos, explicando que tinha tentado fazer uma brincadeira. "Sinceramente lamento que minhas palavras tenham sido mal interpretadas. Pessoalmente, peço desculpas aos soldados e a qualquer americano que tenha se sentido ofendido", afirmou. O governo do presidente George W. Bush, que qualificou as afirmações de Kerry como um insulto aos militares, aceitou o pedido de desculpas. "As desculpas do senador Kerry por seus insultos chegaram tarde, mas eram necessárias", disse a Casa Branca. Depois das críticas, Kerry cancelou todas as suas apresentações em apoio aos candidatos do Partido Democrata.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.