Guerrilha ataca gasoduto na Colômbia

Cerca de 35 metros do gasoduto que fornece o combustível aos usuários da cidade colombiana de Bucaramanga foram destruídos por guerrilheiros do Exército de Libertação Nacional (ELN), informou hoje a polícia local. O atentado - o segundo em duas semanas - ocorreu em uma zona afastada do município de Sabana de Torres, no departamento (estado) de Santander, localizado a cerca de 300 km a nordeste de Bogotá.Em 12 de novembro, três explosões de bombas causaram danos em cinco poços de petróleo do campo petrolífero de Caño Limón no departamento de Arauca, na fronteira com a Venezuela. Os operários que trabalham na reparação da tubulação danificada conseguiram controlar o sistema e evitar danos ecológicos mais graves entre os causados pelo derramamento de parte do gás.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.