EFE/MAURICIO DUEÑAS CASTAÑEDA
EFE/MAURICIO DUEÑAS CASTAÑEDA

Guerrilha colombiana ELN liberta refém civil

Libertação ocorreu um dia após presidente Santos condicionar retomada de negociações à soltura dos sequestrados

O Estado de S.Paulo

29 de setembro de 2016 | 21h58

BOGOTÁ - O Exército de Libertação Nacional (ELN), o segundo grupo guerrilheiro ativo na Colômbia, libertou ontem um refém civil que tinha em seu pode e o entregou ao Comitê Internacional da Cruz Vermelha (CICV) em um ponto do leste do país, informou o órgão de ajuda humanitária.

“Um civil que estava em poder do ELN foi entregue hoje (ontem) ao CICV em uma zona rural de Arauca (região fronteiriça com a Venezuela)”, disse o órgão em um comunicado, sem revelar a identidade ou o sexo do refém.

A libertação ocorreu um dia após o presidente colombiano, Juan Manuel Santos, dizer que se o ELN quiser retomar as conversações de paz deve soltar todos os sequestrados. Não se sabe o número exato de pessoas que estão em poder da guerrilha do ELN, mas estimativas variam entre quatro e oito. / AFP

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.