Guerrilha colombiana marca reunião para dialogar

O líder guerrilheiro colombiano Manuel Marulanda aceitou hoje reunir-se na próxima quinta-feira com o presidente Andrés Pastrana, em um esforço para salvar o processo de paz. Em carta aberta ao presidente, Marulanda disse ter "a convicção de que nosso próximo encontro balizará o processo de reconciliação da família colombiana". A mensagem, lida por Alfonso Cano, ideólogo das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (FARC), manifestou que a reunião é (uma resposta a) um clamor da Colômbia e da comunidade internacional. "É preciso continuar insistindo até esgotar todos os recursos para obter os resultados que estamos esperando", acrescentou Cano.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.