Guerrilha do Chade diz ter capturado terrorista argelino

Um grupo rebelde do Chade afirma ter capturado um dos mais procurados terroristas do Norte da África, Amari Saifi, suspeito de ter feito 32 reféns europeus no ano passado. Saifi e nove outros teriam sido capturados em março, a pós uma escaramuça com membros do Movimento por Democracia e Justiça no Chade, e estão presos em algum ponto da área controlada pelos rebeldes, disse um representante do Movimento. Saifi, um ex-pára-quedista das Forças Armadas argelinas, é conhecido como ?Abderrazak al-Para? e é o suposto líder do Grupo Salafista para o Chamado e o Combate, grupo que luta para instalar um regime islâmico radical na Argélia e que é acusado de laços com a Al-Qaeda. A guerrilha do Chade já procurou os governos da Argélia, França, Alemanha, Níger e EUA para negociar a entrega dos terroristas, disse o representante. ?A bola está com eles?, afirma Brahim Tchouma, o secretário de negócios exteriores do Movimento. ?Queremos cooperar totalmente?.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.