Guerrilha taleban mata sete soldados no Waziristão

Sete soldados paquistaneses foram mortos e 34 ficaram feridos, nesta quinta-feira, em um ataque de prováveis rebeldes talebans na província do Waziristão, perto da fronteira com o Afeganistão, disseram fontes militares.Segundo as fontes, outras duas pessoas foram assassinadas nessa mesma província do noroeste do Paquistão, sendo que uma delas foi decapitada. Elas eram suspeitas de espionar para as tropas americanas. No primeiro incidente, supostos simpatizantes dos talebans atacaram um comboio, formado por três veículos militares, que passava pela região de Mir Ali.Seqüestros e mortesNo segundo, um homem foi decapitado, na terça-feira à noite, no distrito de Mirali, no Norte Waziristão, por supostos rebeldes apoiados por ultrafundamentalistas talebans, após ter sido seqüestrado.Na região vizinha do Waziristão do Sul, a polícia local encontrou o corpo de um motorista afegão, com sinais de ter sido assassinado a tiros, dois dias depois de ter sido seqüestrado.O Waziristão é uma das sete províncias tribais paquistanesas fronteiriças com o Afeganistão, na qual foram registradas dezenas de mortes durante as últimas semanas em enfrentamentos entre militantes pró-talebans e o Exército paquistanês.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.