Guerrilha tâmil seqüestra 24 no sudeste do Sri Lanka

Pelo menos 24 estudantes foram seqüestrados pelo grupo armado Tigres de Libertação da Pátria Tâmil (LTTE) nesta segunda-feira, no sudeste do Sri Lanka, informou o porta-voz do Exército, Prasad Samarasinghe. O LTTE, no entanto, negou a acusação.O seqüestro dos adolescentes ocorreu na área de Thirukkovil, de maioria tâmil, no distrito sudeste de Ampara. De acordo com Samarasinghe, no momento da ação, os estudantes estavam em um curso particular, preparando-se para os exames oficiais.Em comunicado no site Tamilnet, o porta-voz do grupo, Irasiah Ilanthirayan, negou o envolvimento da guerrilha tâmil no seqüestro e classificou a acusação como uma "propaganda" do governo. O veículo informou, porém, que homens armados em uma caminhonete "seqüestraram 21 estudantes e seu professor, além do diretor do centro".A Organização das Nações Unidas (ONU) criticou na semana passada o LTTE, ao acusar o grupo de violar os direitos das crianças recrutando menores como combatentes. Desde os anos 70, o conflito entre o governo do Sri Lanka e os rebeldes do LTTE causou mais de 65 mil mortes.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.