Guerrilha volta a atacar perto do QG americano em Bagdá

A guerrilha iraquiana disparou obuses contra as imediações do quartel-general da administração americana em Bagdá. Um porta-voz dos militares americanos comunicou à imprensa a queda de três projéteis nas redondezas de uma parada de ônibus, um posto policial e um terceiro local não identificado. O QG da administração dos EUA não foi alcançado. Um iraquiano teria ficado ferido.Sirenes soaram e a população da área foi alertada para o perigo, enquanto se ouviam fortes explosões. "Ataque. protejam-se. Isto não é um treino", advertiam os alto-falantes.Apenas algumas horas antes, o chefe do Comando Central das forças dos EUA, general John Abizaid, dissera à imprensa que as amplas operações militares estavam dando resultado. "Essas ações ofensivas nas últimas duas semanas conseguiram diminuir os ataques guerrilheiros contra as tropas americanas, no mínimo, pela metade", afirmou Abizaid.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.