Guerrilhas colombianas ELN e Farc buscam cooperação

O Exército de Libertação Nacional (ELN) aprofundará sua cooperação com as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc), em resposta à ofensiva militar desencadeada pelo governo em várias parte do país."Estivemos conversando com os companheiros das Farc. Neste ano que se inicia, continuaremos buscando coordenação e cooperação com as Farc e com as demais organizações populares para continuar enfrentando a estratégia americana contra o povo da Colômbia", disse o comandante Pablo Beltrán em uma entrevista publicada hoje na página da internet do ELN, a segunda maior guerrilha do país, atrás das Farc.Os Estados Unidos destinaram à Colômbia mais de US$ 2,5 bilhões para a guerra contra as drogas, o que foi traduzido, num primeiro momento, na entrega de helicópteros e no treinamento de unidades militares locais. Com o tempo, esta ajuda se estendeu a outras áreas, como a luta contra o seqüestro e a proteção de oleodutos.Tanto o ELN como as Farc são considerados organizações terroristas pelo Departamento de Estado dos Estados Unidos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.