Guerrilheira das Farc seqüestra avião e deserta

Uma guerrilheira do grupo rebelde Forças armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) seqüestrou um pequeno avião em Puerto Príncipe, no sul da Colômbia, e obrigou o piloto a levá-la até Villavicencio, no centro-oeste do país. Ao chegar à cidade, a mulher entregou-se às autoridades, alegando que o seqüestro foi a única maneira que encontrou para conseguir desertar da guerrilha. ''''Segundo a moça, sua motivação para cometer esse ato foi recompor seu futuro'''', afirmou o coronel Pablo Gómez, comandante da polícia do Departamento de Meta. O nome da guerrilheira não foi divulgado, apenas seu apelido, ''''Angélica''''. Segundo Gómez, ela seqüestrou o avião armada com um fuzil.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.