REUTERS/ELN
REUTERS/ELN

Guerrilheiros do ELN sequestram 2 motoristas e queimam 8 veículos na Colômbia

Ataque de membros do grupo armado ocorreu em estrada no Oeste da Colômbia que liga os Departamentos (Estados) de Risaralda e Chocó; ELN iniciou diálogo de paz com governo há uma semana

O Estado de S. Paulo

07 Abril 2016 | 09h21

BOGOTÁ - Guerrilheiros do Exército de Libertação Nacional (ELN) sequestraram nesta quarta-feira, 6, dois motoristas e queimaram oito veículos em um bloqueio ilegal instalado em uma estrada do oeste da Colômbia, que liga os Departamentos (Estados) de Risaralda e Chocó, informaram fontes militares.

As informações dos dois casos foram confirmadas pelo secretário de Interior, Alexander Mosquera, à imprensa local. Já o comandante da Força Tarefa Titã, general Javier Díaz, disse a jornalistas que os guerrilheiros incineraram dois ônibus, três furgões, duas carretas e uma caminhonete na rodovia entre Playa de Oro, em Chocó, e Santa Cecilia, em Risaralda.

O ataque do ELN ocorreu uma semana depois de a guerrilha e o governo colombiano terem anunciado, em Caracas, um acordo para iniciar uma fase pública de negociação de paz.

"Essa ação por parte do ELN é uma ação contra a população pela cobrança de extorsões", acrescentou o general Díaz, acrescentando que suas tropas iniciaram uma operação de busca dos guerrilheiros responsáveis por instalar o bloqueio ilegal na estrada. / EFE

Mais conteúdo sobre:
ColômbiaELNguerrilha

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.