Guerrilheiros escapam de cerco nas Filipinas

Extremistas muçulmanos, abrindo caminho à bala, romperam o cerco militar e alcançaram a selva, provavelmente levando vários reféns consigo, informam testemunhas e autoridades. Cinco reféns, capturados há uma semana pelos rebeldes do grupo Abu Sayyef, conseguiram escapar de seus captores durante a fuga caótica dos guerrilheiros. Quatro reféns já haviam fugido ontem. Ao todo, 20 pessoas foram capturadas pelos rebeldes.O governador Wahad Akbar disse que os rebeldes abriram fogo contra as tropas que os cercavam na madrugada de domingo (hora local) e correram para as selvas das montanhas da ilha de Basilan, 900 quilômetros ao sul da capital Manila. O paradeiro de 11 reféns continua desconhecido.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.