Guerrilheiros matam 11 e ferem 15 no nordeste da Índia

Atentado teria sido cometido por insurgentes, que atiraram contra grupo de civis em Bhimajuli

Efe,

05 de outubro de 2009 | 05h13

Pelo menos 11 pessoas morreram e outras 15 ficaram feridas, várias delas em estado grave, em um ataque perpetrado na noite do último domingo, 4, por insurgentes tribais no nordeste da Índia.

 

O atentado ocorreu no povoado de Bhimajuli, situado na região de Assam, e foi obra de supostos insurgentes pertencentes ao grupo Frente Democrática Nacional de Bodoland, afirmou um porta-voz policial à agência indiana Ians.

 

"Um grupo de 8 ou 10 militantes abriu fogo indiscriminado com armas automáticas sobre os aldeães. Mataram 11 pessoas e feriram  15", disse o conselheiro de Pesca de Assam, Nurzamal Sarkar,  deputado pela região na qual aconteceu o ataque. Sarkar, que esteve no hospital onde os feridos recebem tratamento, acrescentou que seis ou sete deles estão em condição crítica, e que entre os mortos há quatro mulheres e quatro crianças.

Tudo o que sabemos sobre:
talebansinsurgentesÍndia

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.