Guerrilheiros muçulmanos aceitam cessar-fogo nas Filipinas

A presidenta das Filipinas, Gloria Arroyo, anunciou nesta sexta-feira um acordo de cessar-fogo com o maior grupo guerrilheiro separatista muçulmano do país. ?Hoje, as equipes de paz do nosso governo e a Frente Moro pela Libertação Islâmica (FMLI) fecharam um acordo mútuo para cessar as hostilidades?, disse Arroyo em um comunicado. O início das negociações de paz devem acontecer nos próximos dias na Malásia. Desde 1978, a FMLI luta por um Estado islâmico independente no sul das Filipinas, país de predominância católica.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.