REUTERS/Marco Bello
REUTERS/Marco Bello

Guiana investiga se soldados venezuelanos cruzaram fronteira em busca de comida

Autoridades do país receberam relatos de que militares do país vizinho pediram alimentos e outros mantimentos, além de roubarem alguns moradores de região fronteiriça, depois de ficarem mais de 45 dias sem receberem suprimentos de Caracas

O Estado de S.Paulo

16 Agosto 2017 | 16h15

GEORGETOWN - O chefe de gabinete do Exército da Guiana disse nesta quarta-feira, 16, que as autoridades estão investigando relatos de que soldados da Venezuela atravessaram a fronteira do país em busca de alimentos.

O general Patrick West disse afirmou que tropas adicionais serão enviadas para a região fronteiriça, em resposta à queixa de grupos indígenas em uma região remota do país. 

West afirmou que pessoas informaram que os soldados venezuelanos pediram comida e outros suprimentos, além de roubar moradores da região.

O Ministério dos Assuntos Indígenas do país informou que os militaresvenezuelanos pediram desculpas aos soldados da Guiana pelo incidente recente e disseram que não receberam suprimentos nos últimos 45 dias, em meio à profunda crise econômica em seu país. 

O governo venezuelano ainda não comentou as acusações. As tropas venezuelanas até agora foram amplamente poupadas da escassez de alimentos generalizada no país. / AP

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.