Guinnes bate o seu próprio recorde

O Guinnes o Livro dos Recordes bateu seu próprio recorde de vendas: 100 milhões de exemplares. O Guinnes marcará a data, amanhã, com diversos eventos ao redor do mundo, incluindo uma tentativa de bater um recorde de "estouro simultâneo de balões", que contará com a ajuda de 500 crianças em Nova York. O Guinnes foi publicado pela primeira vez em 1955 e hoje é vendido em mais de 100 países. Segundo uma fonte do mercado editorial, além do Guinnes, os outros livros que já atingiram a marca de 100 milhões de cópias vendidas são a Bíblia, o Corão e a série Harry Potter.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.