Guru indiano Sathya Sai Baba morre aos 84 anos

O guru hindu Sathya Sai Baba, venerado como um deus por milhões de seguidores em todo o mundo, morreu em um hospital, neste domingo de manhã, aos 84 anos.

AE, Agência Estado

24 de abril de 2011 | 11h09

Por quase um mês, Sai Baba recebeu ajuda para respirar e diálise, enquanto sofria falha múltipla de órgãos, depois de ter dado entrada em 28 de março, no hospital Sri Sathya Sai, no Estado de Andhra Pradesh.

Seguidores começaram a rumar para o templo onde o corpo do guru ficará até terça-feira. O funeral com honras de Estado está planejado para a quarta-feira de manhã.

Sathya Sai Baba tinha muitos seguidores, com templos em cerca de 126 países e devotos indianos que incluem políticos e estrelas de cinema, atletas reconhecidos mundialmente e industriais.

Críticos levantaram campanhas contra ele, chamando-o de charlatão e diziam que seus milagres eram falsos. Há divulgações de notícias acusando o guru de cometer abusos sexuais contra os devotos, o que ele negava.

"Sri Sathya Sai Baba era um líder spiritual que inspirou milhões a seguir uma vida moral e de significado, mesmo que seguissem a religião de suas próprias escolhas", disse o primeiro-ministro indiano, Manmohan Singh, em comunicado. A morte dele é "uma perda irreparável para todos, e a nação sofre profundamente sua morte". O Estado de Andhra Pradesh declarou quatro dias de luto.

Nascido em 23 de novembro de 1926 como Sathyanarayana Raju, ele era tido como uma criança que mostrava tendência em direção à espiritualidade e inteligência incomum, que ele manifestava por meio da música, dança e escrita de poesia e peças. Em 1940, aos 14 anos, ele auto declarou-se "avatar", ou reencarnação de outro hindu chamado Sai Baba of Shirdi, que morreu em 1918.

À medida que o guru atraía seguidores, sua cidade Puttaparti cresceu com o templo "Prasanthi Nilayam" construído em 1950, bem como um grande hospital, universidade e escolas, administradas pelo seu Fundo Satya Sai Central Trust, criado em 1972, com doações de devotos. O Fundo, estimado em US$ 8,9 bilhões ou possivelmente mais, também estabeleceu centros espirituais nas cidades de Bombai, Hyderabad e Chennai. Também construiu um hospital em Banglore, onde Sai Baba tinha uma casa de verão, e construiu estrutura de fornecimento de água em diversos Estados ao sul. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
ÍndiaguruSai Baba

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.