Há medidas difíceis que devem ser tomadas,diz Cameron

O primeiro-ministro do Reino Unido, David Cameron, disse hoje que é preciso tomar as decisões certas agora para que as próximas gerações tenham uma vida melhor. Em breve participação por videoconferência na conferência anual do One Young World (OYW), Cameron disse que "há medidas sérias e difíceis que precisam ser tomadas".

ANDRÉIA LAGO, Agência Estado

21 de outubro de 2012 | 18h49

Ontem, milhares de britânicos foram às ruas de Londres protestar contra a política de corte drástico do gasto público conduzida pelo governo de Cameron, que ainda não conseguiu reduzir o endividamento e paralisou o crescimento econômico do Reino Unido, em recessão desde o final do ano passado. Os cortes do governo causaram a demissão de centenas de milhares de funcionários, o fim de diversos serviços públicos e a progressiva privatização da educação e da saúde no país.

Cameron disse que seu governo quer garantir que as próximas gerações poderão ter uma vida melhor, com um sistema de aposentadorias com o qual possam arcar. "Precisamos tomar as decisões certas, e precisamos fazê-lo agora. Não será fácil, mas precisamos tomar as medidas corretas", afirmou.

O premiê britânico pediu que os jovens sejam encorajados a participarem de partidos políticos e a tentarem se conectar com os governos locais para ajudá-los a estabelecer políticas e projetos que resultem no melhor uso dos recursos públicos. Ele defendeu maior transparência dos governos no funcionamento dos sistemas políticos para ampliar a participação dos jovens na tomada de decisões e reverter a falta de confiança nos governos de seus países. A falta de engajamento dos jovens europeus na política, disse o premiê, deve-se à decepção com os resultados de suas escolhas. "Acredito que isso se deva ao fato de que eles votam e querem ver mudanças, mas também reflete o fato de que as pessoas não conseguem ver como o sistema político funciona", afirmou. (A jornalista viajou a convite do One Young World)

Tudo o que sabemos sobre:
CameronOne Young World

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.