Há risco de novos tornados no Meio-Oeste americano

Equipes de resgate tentavam nesta terça-feira encontrar vítimas do tornado que destruiu cidades em quatro estados no Meio-Oeste dos EUA, matando pelo menos 38 e deixando 10 desaparecidos. Na segunda-feira à noite, tornados de menor intensidade varreram o sudeste dos EUA. O Serviço Nacional Meteorologia do país emitiu um aviso alertando para o risco de novos tornados no Meio-Oeste.Foi a ?mais devastadora série de tornados no Estado do Missouri?, disse o governador Bob Holden, depois de visitar Pierce City. Pelo menos 18 pessoas morreram em conseqüência dos tornados no Missouri. Sete no Kansas e 13 no Tennessee, onde um só tornado deixou um rastro de destruição de 105 quilômetros.Numerosas casas ruíram, automóveis e caminhões viraram em toda a região, varrida por chuvas torrenciais e ventos fortíssimos. Árvores foram arrancadas pela raiz. Postes da rede elétrica e outros escombros arrastados pela ventania e correnteza bloquearam estradas. Viajantes tiveram de ser retirados às pressas dos terminais do Aeroporto de Kansas e instalados em túneis. Nenhuma casa ou loja ficou de pé em Pierce City, Missouri, uma vila de 1.400 habitantes. Dois corpos foram encontrados sob os escombros de um arsenal da Guarda Nacional. Outros oito moradores da cidade estão desaparecidos. "Foi um amplo sistema de tormentas que atingiu o meio-oeste e o sul, provocando tornados também em Arkansas, Dakota do Sul e Nebraska", disse Gene Rench, do Serviço Nacional de Meteorologia, de Memphis. Em Dakota caiu uma tempestade de granizo, com pedras de gelo do tamanho de uma bola de beisebol. "Foi como se alguém lançasse uma poderosa bomba sobre nossas cidades e povoados", resumiu Eldon Bedene, de Crawford, Kansas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.