Frederic J. Brown/AFP
Frederic J. Brown/AFP

Hackers canadenses invadem site de Trump para homenagear humorista

Ele publicaram uma carta de despedita a Jon Stewart, que deixará o popular programa do Comedy Central na quinta-feira;

O Estado de S. Paulo

03 de agosto de 2015 | 16h15

WASHINGTON - Um grupo canadense de hackers, chamado Telecomix, invadiu o site do magnata e pré-candidato republicano à presidência dos EUA Donald Trump para publicar uma carta de despedida ao famoso humorista Jon Stewart, do canal Comedy Central.

Os hackers utilizaram a página das empresas de Trump para enviar uma "nota de agradecimento" ao humorista, antes que os gerentes do site solucionassem o problema de segurança.

De acordo com o grupo, o site de Trump foi utilizado "porque parece que a única maneira de chamar a atenção das pessoas é invadir o site de um candidato presidencial".

A mensagem, intitulada Your Moment of Zen, Mr. Stewart - em referência a um dos segmentos do programa humorístico The Daily Show - agradece ao comediante pelos anos à frente de um programa que serviu de fonte de informação sobre a atualidade para um grande número de jovens americanos.

Jon Stewart deixará o popular programa na quinta-feira, depois de 16 anos como apresentador e após se tornar um referência não só em comédia, mas em jornalismo, com seus comentários ácidos. Passaram por seu programa o presidente americano, Barack Obama, e outros nomes do mundo da política, do espetáculo, do jornalismo e da literatura.

Desde que Trump começou a subir nas pesquisas entre os pré-dandidatos republicanos à presidência, The Daily Show escolheu o magnata como um dos principais alvos das brincadeiras e piadas do programa. / EFE

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.