Hackers invadem site do Washington Post na internet

O jornal Washington Post informou nesta quinta-feira que seu endereço na internet foi invadido por hackers. Um grupo que apoia o regime do presidente sírio Bashar Assad assumiu a responsabilidade pelo ataque.

AE, Agência Estado

15 de agosto de 2013 | 15h30

O editor administrativo do Post, Emilio Garcia-Ruiz, disse em comunicado que durante 30 minutos na manhã de hoje, leitores de algumas matérias eram redirecionados para o endereço na internet do Exército Eletrônico da Síria (SEA, na sigla em inglês).

O SEA tem assumido ataques a endereços na internet cujos alvos são grupos de mídia simpáticos aos rebeldes sírios. O grupo que assumiu a responsabilidade por alimentar a conta no Twitter da Associated Press, Al Jazeera em inglês e BBC.

O Post informou que "tomou medidas defensivas", que incluem a remoção do módulo afetado pelo hacker.

Tudo o que sabemos sobre:
EUACIBERATAQUEWASHINGTON POST

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.