Hackers pró-Turquia atacam site de deputada

O site da deputada do partido governista francês que propôs o texto que transformará em crime a negação do genocídio armênio de 1915 foi pirateado ontem por ativistas pró-Turquia, que denunciaram o caráter eleitoreiro da lei.

O Estado de S.Paulo

26 de dezembro de 2011 | 03h05

O site de Valérie Boyer encaminha o visitante a um portal com uma bandeira da Turquia e uma mensagem em turco e inglês, que ataca o governo francês e a comunidade armênia na França.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.