Hague deixa presidência do Partido Conservador

William Hague renunciou hoje ao cargo de presidente do Partido Conservador, após ter perdido para o Partido Trabalhista pela segunda vez consecutiva nas eleições gerais britânicas. "Eu liderei esse aprtido por quatro anos e sempre considerei essa tarefa como um grande privilégio. Mas o partido também precisa mudar. Eu decidi renunciar", disse Hague.Durante a campanha do Partido Conservador, Hageu prometeu assumir "a responsabilidade" pelo resultado das eleições. Os resultados oficiais, cuja apuração ainda não foi encerrada, confirmavam uma ampla vitória trabalhista. Segundo os atuais números, com os votos apurados em 628 dos 659 distritos eleitorais, os trabalhista estavam com 410 cadeiras, contra 162 dos conservadores.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.