Haia anuncia prisão de líder rebelde de Ruanda em Paris

Callixte Mbarushimana, um líder rebelde de Ruanda acusado de liderar um grupo responsável por homicídios e violações em massa no Congo, foi detido hoje em Paris, informou o Tribunal Internacional de Justiça de Haia. Líder do grupo Forças Democráticas para a Libertação de Ruanda (FDLR), Mbarushimana foi preso por autoridades francesas. A corte informou que ele é acusado em 11 quesitos de crimes contra a humanidade e de guerra, incluindo assassinatos, violações, assédio sexual e destruição de propriedades, cometidos pelo FDLR durante o ano de 2009.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.