Haiti espera confirmação pelo Parlamento de novo premiê

O primeiro-ministro designado, Jean Max Bellerive, não fez até agora declarações públicas

EFE

01 Novembro 2009 | 02h06

O presidente do Haiti, René Préval, atuou com rapidez na nomeação de um novo primeiro-ministro que deverá ser ratificado pelo Parlamento (bicameral), depois que o Senado destituiu na sexta-feira a economista Michèle Pierre-Louis. O primeiro-ministro designado, Jean Max Bellerive, não fez até agora declarações públicas.

 

No entanto, Bellerive, que foi ministro do Planejamento do gabinete de Pierre-Louis, deverá apresentar em breve seus documentos às duas câmaras legislativas e pensar já em seu plano de Governo e na conformação de seus ministros. Enquanto isso a comunidade internacional diz que se deve instalar rapidamente um novo Governo no Haiti.

 

"A maior inquietação da comunidade internacional seria constatar um vazio em suas relações com o Haiti depois da saída do Governo de Pierre-Louis", reconheceu o presidente da Câmara dos Deputados, Levaillant Louis Jeune, em declarações recentes a jornalistas.

 

"Nos comprometemos para que no menor prazo possível achamos as estruturas para encaminhar as ratificações do primeiro-ministro designado", acrescentou.

 

As câmaras devem estabelecer duas comissões especiais para receber e analisar os documentos de Bellerive, a fim de verificar que seu perfil respeita os prescritos na Constituição do Haiti.

 

Os documentos do primeiro-ministro designado deverão ser conhecidos primeiro ao Senado e depois na Câmara dos Deputados, segundo acertaram os presidentes de ambos os semicírculos.

Mais conteúdo sobre:
HAITI PREMIÊ

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.