Haiti: Obama mobiliza militares da reserva em ajuda

O presidente americano, Barack Obama, mobilizou hoje militares da reserva para participarem das operações de ajuda ao Haiti, devastado por um terremoto de 7,0 graus no último dia 12.

AE, Agencia Estado

17 de janeiro de 2010 | 20h02

Entre os militares da reserva que entrarão em serviço no Haiti estão principalmente equipes médicas para trabalhar em navios-hospitais, e membros da Guarda Costeira, que trabalharão na segurança de portos.

Em uma ordem presidencial, Obama escreveu que é necessário aumentar o efetivo das Forças Armadas para a condução eficiente de missões operacionais, incluindo aquelas que envolvam assistência humanitária, relacionadas aos esforços de ajuda no Haiti.

Obama disse que autorizou o secretário de Defesa, Robert Gates, e a secretária de Segurança Interna, Janet Napolitano, a acionarem qualquer unidade da reserva que seja necessária.

As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
HaititerremotoBarack Obamaajuda

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.