Haitianos tomam ruas da capital em protesto antigoverno

Aproximadamente 2 mil haitianos protestam neste domingo em Porto Príncipe contra um governo que eles afirmam ser corrupto e ineficiente. Pedindo pela renúncia do presidente Michel Martelly, os manifestantes queimaram pilhas de pneus e tomaram as ruas da capital.

AE, Agência Estado

18 de novembro de 2012 | 18h01

Este é o mais recente protesto antigoverno neste ano que atrai uma multidão deste tamanho. Em setembro, vários milhares de pessoas marcharam para criticar o governo por não fazer o suficiente para manter o custo de vida baixo.

Martelly é uma ex-estrela do pop. Muitos haitianos esperavam que o seu governo traria melhoras após o terremoto de 2010, mas alguns dizem que ficou aquém das expectativas. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
Haitiprotestoantigoverno

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.