Hajj reúne 3 milhões em santuário de Meca

Vestidos em túnicas brancas, que simbolizam pureza e igualdade entre os seres humanos diante de Deus, cerca de três milhões de muçulmanos de todo o mundo se reuniam na Grande Mesquita, na cidade sagrada de Meca, na Arábia Saudita, desde a tarde de sexta-feira para o início da hajj, a peregrinação religiosa. Amanhã os muçulmanos devem passar o dia ao redor do Monte Arafat, cerca de 15 km a leste de Meca, para o ritual mais importante da hajj, lugar em que o Profeta Maomé, dois meses antes de sua morte, teria feito seu último sermão. O governo saudita disponibilizou 100 mil homens para a segurança dos fiéis, além de equipar hospitais, centros de telecomunicações e ambulâncias.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.