Hamas anuncia que Rice não é bem recebida no Oriente Médio

A visita de Condoleezza Rice, secretária de Estado americana, ao Oriente Médio não é "bem recebida" pelo Hamas, afirmou neste quarta-feira Ismail Raduan, líder do Hamas na cidade.Raduan afirmou aos meios de comunicação que a visita de Rice representa uma tentativa por parte dos Estados Unidos de apoiar Israel, e não tem por objetivo reativaro estagnado processo de paz no Oriente Médio, como ela assegura.O líder acrescentou que seu grupo espera que a missão de Rice na região "fracasse frente à determinação e firmeza do povo palestino, que continua comprometido com seus legítimos direitos".O movimento islâmico do Hamas, à frente do atual Governo palestino rejeita as três exigências do Quarteto (formado por EUA, União Européia, ONU e Rússia) para o Oriente Médio, que são o reconhecimento de Israel e dos acordos assinados, e a renúncia à violência.A negativa do Hamas de cumprir as exigências internacionais provocou uma crise econômica, política e social nos territórios palestinos, principalmente pela suspensão das ajudas dos países doadores e a transferência de impostos que Israel retém.Rice deve reunir-se ainda nesta quarta-feira com o presidente da Autoridade Nacional Palestina (ANP), Mahmoud Abbas. Depois, vai encontrar-se em Jerusalém com o primeiro-ministro israelense, Ehud Olmert.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.