Hamas assume autoria de disparos contra Israel

O braço militar do grupo militante islâmico Hamas reivindicou nesta terça-feira os disparos de morteiros disparados ontem contra o sul de Israel. Em resposta aos ataques, tropas israelenses atacaram hoje posições da polícia palestina na localidade de Beit Hanoun, no norte da Faixa de Gaza. Um membro da segurança palestina morreu durante o assalto de hoje, que violou o setor sob controle total da Autoridade Palestina no norte da Faixa de Gaza.Criado em 1987, o Hamas tem ligações com o Movimento da Irmandade Islâmica. Seu braço militar, a brigada Izz el-Deen al Qassam, promoveu uma série de atentados suicidas a bomba em Israel no ano de 1996, deixando centenas de mortos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.