Hamas conclama iraquianos a realizarem ataques suicidas

O grupo islâmico Hamas exortou os iraquianos a realizarem ataques suicidas contra os soldados norte-americanos e britânicos que estão entrando no país. "Os iraquianos devem preparar cintos com explosivos e devem se tornar mártires para combaterem os invasores", disse o líder sênior do Hamas, Abdel Aziz-al-Rantissi, em entrevista às agências internacionais, na Faixa de Gaza. "Os agressores norte-americanos estão em solo iraquiano e, por esse motivo, os iraquianos devem confrontá-los com todos os meios possíveis, incluindo operações de martírio", disse.O Hamas, que prometeu destruir Israel, desencadeou uma campanha suicida que causou a morte de centenas de pessoas em Israel desde a assinatura do acordo de paz em 1993. Após o levante palestino de setembro de 2000, o presidente iraquiano Saddam Hussein ofereceu pagamentos de US$ 25 mil às famílias de atacantes suicidades que realizarem ações contra Israel.Veja o especial:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.