Hamas deixa Egito sem acordo para ampliação de trégua

Mohammed Nasr, integrante da equipe de negociação do Hamas, afirmou hoje que uma delegação do grupo militante palestino está deixando Cairo sem um acordo sobre um cessar-fogo ampliado com Israel. Segundo ele, persistem as diferenças sobre a abertura das fronteiras da Faixa de Gaza. O Egito tenta intermediar uma trégua de longo prazo entre Israel e o Hamas. Um frágil cessar-fogo começou a vigorar entre os dois lados, em 18 de janeiro.O funcionário do Hamas disse que Israel tenta evitar a reabertura completa das fronteiras de Gaza. Ele disse que o grupo espera mais respostas dos egípcios, que falarão com os israelenses. Nasr disse que não foi estabelecida uma data para o Hamas voltar às negociações indiretas. Membros do Hamas dizem estar prontos para se comprometer com um cessar-fogo de pelo menos um ano com Israel, contanto que o país libere totalmente as fronteiras de Gaza.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.