Hamas e Fatah chegam a acordo sobre governo de unidade nacional

Grupos rivais concordaram em criar uma lista de ministros para governar as áreas sob controle palestino

O Estado de S. Paulo,

27 Maio 2014 | 11h28

GAZA - As facções rivais palestinas Fatah e Hamas concordaram com a formação de um governo de unidade nesta terça-feira, 27, disseram dirigentes dos dois lados, no passo mais significativo adotado até agora nos sete anos de disputas.

Os grupos entraram em acordo sobre uma lista de ministros independentes e tecnocratas que vão governar as áreas sob controle palestino até as eleições nacionais dentro de pelo menos seis meses. Com a iniciativa, os dois lados esperam reviver instituições paralisadas desde que travaram uma guerra civil em 2007.

Autoridades disseram que o presidente da Autoridade Palestina, Mahmoud Abbas, fará um anúncio formal sobre o novo governo no final desta semana, depois da escolha do ministro de Assuntos Religiosos.

Israel tem objeções quanto às iniciativas de reconciliação e considera o Hamas, grupo que se recusa a reconhecer o Estado judaico e a renunciar às armas, uma organização terrorista. O país ameaça impor sanções financeiras contra o governo de Abbas na Cisjordânia, ocupada por Israel, se for firmado um governo de unidade./ REUTERS

 

Mais conteúdo sobre:
Hamas fatah Palestina Mahmoud Abbas

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.