Hamas quer reunir-se com Merkel durante sua visita a Israel

O movimento extremista islâmico Hamas, vencedor das eleições palestinas realizadas na quarta-feira passada, pediu uma reunião com a chanceler alemã, Angela Merkel, durante a visita que começa neste domingo a Israel e os territórios palestinos, informou a rádio israelense.Merkel não prevê nenhum encontro com responsáveis do Hamas e só se reunirá, nesta segunda-feira, com o presidente da Autoridade Nacional Palestina (ANP), Mahmoud Abbas, em seu escritório da Muqata, a sede do Governo palestino na cidade cisjordaniana de Ramala, disse um porta-voz da chanceler."Nosso parceiro para dialogar não é Hamas, mas Abbas, o presidente dos territórios palestinos", disse o porta-voz. A chanceler alemã se reunirá hoje com o primeiro-ministro interino de Israel, Ehud Olmert, que oferecerá um jantar de gala no Hotel Rei David de Jerusalém.Além disso, amanhã a chefe do governo alemão se reunirá com a ministra israelense das Relações Exteriores, Tzipi Livni, e com os líderes do Partido Trabalhista, Amir Peretz, e do Likud, Benjamin Netanyahu, principais rivais de Olmert nas eleições legislativas israelenses previstas para 28 de março.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.