Hamas rejeita acordo de presos palestinos

O dirigente do Hamas na Faixa de Gaza, Mushir Al-Masri, afirmou nesta quinta-feira que seu movimento rejeita o acordo alcançado por representantes das principais facções palestinas nas prisões israelenses.Para Al-Masri, o conteúdo do pacto não é compatível com a postura do Hamas.Segundo o acordo, os palestinos se conformarão com a criação de um Estado na Cisjordânia e em Gaza depois que os refugiados tiverem obtido o direito a retornar a seus lares e todos os prisioneiros palestinos forem libertados das prisões israelenses.O documento foi assinado por cinco membros do Hamas presos, entre outros.Segundo a edição desta quinta do jornal palestino Al Ayam, o texto foi promovido por Marwan Barghouthi, dirigente do movimento Fatah e deputado palestino.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.