Hamas rejeita pedido de Abbas para negociar com Israel

O movimento islâmico Hamas rejeitou de forma categórica e por meio de um porta-voz a possibilidade de negociar com Israel, um pedido feito publicamente hoje pelo presidente da ANP, Mahmoud Abbas, ao inaugurar a segunda legislatura do Parlamento. "O Hamas rejeita o pedido de Mahmoud Abbas por uma luta pacífica contra Israel", assegurou o porta-voz do movimento, Sami Abu Zuhri.Ele se referia ao discurso de Abbas aos membros do novo Parlamento palestino, no qual pediu ao grupo que reconheça os acordos de Oslo e Israel."Nas atuais circunstâncias de ocupação, enquanto as agressões contra nosso povo persistem, o Hamas não se dispõe a negociar com Israel", disse Sami Abu Zuhri.E acrescentou: "Enfatizamos novo nosso direito à luta armada como direito natural dos palestinos a lutar contra a ocupação".Abbas tinha lembrado em seu discurso que embora os acordos de Oslo não fossem perfeitos, eram os que hoje permitiam ao Hamas fazer parte do Parlamento e os que obtiveram a legitimidade internacional para a causa palestina.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.