Hamas 'vê mudança' em discurso de Obama sobre Oriente Médio

Em entrevista, líder do grupo palestino disse que 'nova linguagem' pode ser prelúdio de mudanças.

BBC Brasil, BBC

22 de março de 2009 | 16h03

O líder político do Hamas no exílio, Khaled Meshaal, disse que o presidente americano, Barack Obama, está adotando uma "nova linguagem" em relação ao Oriente Médio.

Em entrevista ao jornal italiano La Reppublica

neste domingo, Meshaal disse que uma "nova abordagem sobre o conflito na região está sendo emitida pela Presidência americana".

A entrevista foi publicada três dias depois que o líder dos EUA ter proposto um "novo começo" nas relações entre seu país e o Irã.

Na entrevista ao diário, Meshaal não mencionou abertamente a mensagem de Obama ao Irã, mas afirmou que "o desafio para todos agora é aceitar que o novo discurso seja o prelúdio de uma mudança genuína nas políticas adotadas pelos Estados Unidos e pela Europa".

Sobre a aceitação do Hamas da "nova linguagem", Mashaal disse que "é uma questão de tempo".

Os Estados Unidos, a União Europeia e as Nações Unidas se recusam a negociar com o grupo palestino que, em 2007, ocupou a Faixa de Gaza, a menos que renuncie à violência e reconheça a existência do Estado de Israel.

O grupo considera toda a Palestina histórica terra islâmica e, portanto, vê o Estado de Israel como um ocupante, apesar de ter oferecido uma "trégua" de dez anos em troca da retirada de Israel para as fronteiras anteriores à Guerra dos Seis Dias, em 1967.

"As grandes potências precisam de nós para resolver o conflito árabe-israelense", disse ele ao jornal italiano.

"O nosso peso em resolver a questão palestina origina das nossas raízes na sociedade, nas pessoas que votaram em nós e que o farão novamente".BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Tudo o que sabemos sobre:
oriente médiohamasobamairãdiscurso

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.