Haniyeh suspende diálogo sobre governo de coalizão

O primeiro-ministro palestino e líder do Hamas, Ismail Haniyeh, decidiu suspender as negociações para a formação de um governo de união nacional após o ataque israelense da manhã desta quarta-feira à cidade de Beit Hanun, no norte da Faixa de Gaza. Um comunicado à imprensa, em Gaza, informa que "o primeiro-ministro, Ismail Haniyeh, decidiu suspender o diálogo para a formação de um governo de união nacional, para concentrar os esforços no socorro aos moradores de Beit Hanun". A nota acrescenta que "os escritórios do governo e da Presidência trabalham de forma conjunta para coordenar esforços regionais e internacionais para impedir os massacres de Israel contra o povo palestino". Haniyeh comanda na manhã desta quarta-feira uma reunião urgente de seu gabinete de ministros em Gaza para analisar a situação após a morte de 19 pessoas em Beit Hanun e cinco na Cisjordânia.

Agencia Estado,

08 Novembro 2006 | 07h10

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.