Toby Melville/REUTERS
Toby Melville/REUTERS

Harry e Meghan repetem Diana e anunciam segundo filho no Dia dos Namorados

Anúncio foi feito 37 anos e um dia depois que a princesa divulgou que teria Harry; casal está muito feliz, diz porta-voz do duque e da duquesa de Sussex

Redação, O Estado de S.Paulo

14 de fevereiro de 2021 | 20h46

LONDRES - O príncipe Harry e Meghan Markle,  duque e a duquesa de Sussex, estão esperando seu segundo bebê,  disse uma porta-voz do casal neste domingo, 14, afirmando que ambos estavam "muito felizes com a notícia". O anúncio de Harry e Meghan no Dia dos Namorados veio 37 anos e um dia depois que Charles e a princesa Diana anunciaram sua gravidez de Harry. "A princesa romântica escolheu a véspera de São Valentim para dar suas notícias maravilhosas", relatou o Daily Express na época.

O casal, que se casou em uma cerimônia suntuosa no Castelo de Windsor em maio de 2018, tem um filho, Archie Harrison Mountbatten-Windsor, nascido em maio de 2019.

"Podemos confirmar que Archie será um irmão mais velho", disse a porta-voz, enquanto simpatizantes foram às redes sociais para dar os parabéns à família.

Uma porta-voz da rainha Elizabeth disse que "sua majestade, o duque de Edimburgo, o príncipe de Gales e toda a família estão muito satisfeitos e lhes desejam boa sorte".

Harry, de 36 anos, e Meghan, de 39, renunciaram aos cargos na realeza no ano passado, o que causou uma grande discussão no Reino Unido. Harry permanece o sexto na linha de sucessão ao trono -- depois de Charles, o príncipe de Gales, o príncipe William, primeiro filho de Charles, e George, Charlotte e Louis, filhos de William. O bebê que nascerá em breve será o oitavo nessa hierarquia.

Mesmo sem os títulos de alteza real, Harry e Meghan são ainda o duque e a duquesa de Sussex. Depois de deixar o cargo de membros da realeza, eles viajaram para a Ilha de Vancouver na Colúmbia Britânica antes de se estabelecerem no sul da Califórnia, terra natal de Meghan.

O segundo filho do casal não nascerá príncipe ou princesa porque o bebê estará muito atrás na linha de sucessão para assumir o título automaticamente. Meghan e Harry optaram por não obter um título real para Archie quando ele nasceu.

No ano passado, Archie falou pela primeira vez em público – e não causou boa impressão na imprensa britânica. Ele fez uma aparição surpresa no podcast dos pais, disponível desde terça-feira, 29, na plataforma Spotify. No áudio, Archie ri e deseja “feliz ano-novo”, mas com sotaque americano.

Em um artigo para o The New York Times em novembro do ano passado, Meghan revelou que sofreu um aborto espontâneo em julho de 2020 e pediu que as pessoas nas redes sociais fossem mais amáveis ​​umas com as outras. A reportagem surgiu depois de anos em que o casal era alvo dos implacáveis ​​tablóides britânicos.

“Eu sabia, enquanto agarrava meu primeiro filho, que estava perdendo meu segundo”, escreveu ela. Ela descreveu a "dor quase insuportável" que acompanha a perda de um bebê e incentivou as pessoas a encontrarem mais tempo para perguntar aos outros se eles estão bem.

Os Sussex divulgaram uma foto deles sorrindo um para o outro enquanto Meghan estava com a mão em sua barriga.

Misan Harriman, o fotógrafo, tuitou: "Meg, eu estava lá no seu casamento para testemunhar o início dessa história de amor, e meu amigo, estou honrado em capturá-la agora. Parabéns ao duque e à duquesa de Sussex por esta boa notícia!"

Na semana passada, Meghan ganhou um caso de privacidade da Suprema Corte contra o tablóide Mail on Sunday - uma grande vitória para a duquesa. Um juiz determinou que o tabloide invadiu sua privacidade ao publicar partes de uma carta que ela escreveu ao pai distante. / W. POST

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.