Harvard lidera e China avança em ranking de universidades

CANBERRA (Reuters Life!) - Harvard manteve pelo oitavo ano consecutivo o título de melhor universidade do mundo, num ranking dominado pelos EUA, mas no qual a China apresenta um notável avanço.

REUTERS

18 de agosto de 2010 | 10h56

A edição de 2010 do Ranking Acadêmico das Universidades Mundiais, que é publicado desde 2003 pela Universidade Jiao Tong, de Xangai, disse que os EUA têm oito das dez melhores universidades do mundo, e 54 entre as 100 melhores.

Além de Harvard, estão na lista as universidades da Califórnia-Berkeley, Stanford, MIT, CalTech, Princeton, Columbia e Chicago. Yale apareceu em 11o lugar.

A britânica Cambridge caiu de quarto para quinto lugar, e Oxford manteve o décimo posto. O número total de universidades britânicas entre as 500 melhores do mundo caiu de 40 para 38.

O ranking foi criado para avaliar a situação das universidades chinesas em relação às suas congêneres mundiais. Em nota, a Jiao Tong disse que "embora a metodologia do ranking tenha sido mantida a mesma, o número de universidades chinesas entre as 500 melhores chega a 34 em 2010, o que é mais do que o dobro de 2004 (16)."

As universidades de Pequim, Tsinghua e Universidade Chinesa de Hong Kong aparecem entre as 200 melhores do mundo. A Universidade Nacional de Taiwan (ilha que Pequim considera ser uma "província rebelde") também surge na lista.

O ranking usa seis indicadores, inclusive o número de ex-alunos e de docentes com Prêmios Nobel, o número de pesquisadores com alto índice de citações, o número de artigos publicados e citados em publicações científicas importantes, e o desempenho per capita, ou seja, levando em conta o tamanho da instituição.

O trabalho avalia anualmente mais de mil universidades, e as 500 melhores são publicadas no ranking on-line.

Na região da Ásia-Pacífico, que teve 106 universidades entre as 500, as melhores são a Universidade de Tóquio, que se manteve na 20a posição, e a Universidade de Kyoto, na 24a. Mas o total de universidades japonesas na lista caiu de 31 para 25 neste ano.

Na América Latina, apenas três universidades aparecem entre as 200 melhores do mundo. A líder é a Universidade de São Paulo (USP), empatada com dezenas de outras entre o 101o e 150o lugar. Em seguida vêm a Universidade Autônoma do México e a Universidade de Buenos Aires.

(Reportagem de Belinda Goldsmith)

Tudo o que sabemos sobre:
GERALRANKINGUNIVERSIDADES*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.