Havana quer aumentar produção de cítricos

O governo cubano anunciou ontem um plano de investimentos para a produção de frutas cítricas que tentará reanimar o setor com a aplicação de até US$ 200 milhões. Segundo Luis Alberto Torres, diretor da estatal que controla a produção de frutas em Cuba, o plano terá como base a agricultura intensiva e desenvolverá novos tipos de sementes para melhorar a resistência a pragas. Um maior estímulo aos agricultores também está previsto. Nos últimos 20 anos, a exportação de cítricos cubanos caiu 80%.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.