Havia explosivos em sacola de invasor, diz polícia irlandesa

Especialistas do Exército britânico desarmaram pelo menos seis explosivos que estavam sob posse de um protestante extremista que invadiu o Parlamento irlandês nesta sexta-feira, disse o comandante de polícia de Belfast. O chefe Constable Hugh Orde disse que os explosivos dentro da sacola, a qual o criminoso condenado Michael Stone jogou dentro do saguão do Prédio Parlamentar Stormont durante um debate sobre divisão de poder no país, eram "de projeções amadoras". Contudo ressaltou que isso não as fazia menos perigosas. Stone foi condenado por ter cometido um dos mais audaciosos ataques terroristas do país - um ataque com armas de fogo e granadas contra um funeral de um membro do IRA. Na ação, Stone matou três pessoas, entre eles um homem do IRA, antes que os católicos o cercassem e lhe dessem uma surra.

Agencia Estado,

24 Novembro 2006 | 15h29

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.