AP Photo/Alex Brandon
AP Photo/Alex Brandon

Heather Nauert desiste da indicação como embaixadora dos EUA na ONU

Nauert, que era porta-voz do Departamento de Estado, agradeceu a Trump e ao secretário de Estado, Mike Pompeo, pela confiança ao considerá-la para o cargo de embaixadora na ONU

EFE, O Estado de S.Paulo

17 de fevereiro de 2019 | 01h35

Indicada pelo presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, como nova embaixadora do país na ONU em dezembro do ano passado, Heather Nauert anunciou sua desistência de assumir o cargo por razões familiares, informou neste sábado o Departamento de Estado do país.

Robert Palladino, porta-voz do Departamento de Estado, acrescentou, por meio de comunicado, que o presidente americano fará "em breve" um anúncio a respeito do delegado de Washington para as Nações Unidas. 

Nauert, que era porta-voz do Departamento de Estado, agradeceu a Trump e ao secretário de Estado, Mike Pompeo, por sua confiança ao considerá-la para o cargo de embaixadora na ONU.

"No entanto, os últimos dois meses foram esgotantes para a minha família e, portanto, é no melhor interesse que retire o meu nome da consideração", afirmou a funcionária, citada no comunicado, considerando "uma das maiores honras" ter servido durante os últimos dois anos no governo de Trump.

Nauert, de 48 anos, chegou ao Departamento de Estado através do ex-secretário Rex Tillerson em abril de 2017, e entre abril e outubro do ano passado também foi subsecretária para Assuntos Públicos.

Além disso, trabalhou durante anos como jornalista para os canais Fox e ABC, e, anteriormente, era consultora em temas de saúde, segundo o seu perfil na página do Departamento de Estado na internet.

Sua indicação iria se submeter a um processo de confirmação no Senado, controlado pelo Partido Republicano. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.