Helicóptero bate na Mongólia e mata 14

Colisão da aeronave com uma montanha torna o trabalho de resgate difícil; ; oito sobrevivem

Agencia Estado

18 Junho 2007 | 14h25

Um helicóptero que estava desaparecido na região norte central da Mongólia tombou matando 14 pessoas, disse um oficial governamental nesta segunda-feira, 18. Sobreviveram oito passageiros, assinalou Otgonbayar, ministro de Emergência, acrescentando que alguns passageiros em dificuldades podem precisar ser retirados do helicóptero em pedaços."Médicos e enfermeiras são enviados para o local do acidente para dar assistência e resgatar o grupo que trabalho no local", afirmou Otgonbayar. O local do incidente foi encontrado no sábado, 16, depois que autoridades contataram pela última vez o helicóptero na quarta-feira, 13. A aeronave que pertence ao Ministério da Defesa da Mongólia colidiu com uma montanha, tornando o trabalho de resgate difícil, Otgonbayar contou a repórteres. O helicóptero levava equipamentos de combate ao fogo até uma floresta na província de Selenge quando desapareceu do radar na quarta-feira, 13, disse o ministro de Emergência da Mongólia. Não satisfeitos, parentes das vítimas disseram a repórteres que o governo afirmou que encontraria as vítimas até sexta-feira, 15, e que oficiais inicialmente reportaram que o helicóptero estaria a salvo em terra após o término de combustível. "Meu irmão sobreviveu, mas nós queremos saber porque eles não começaram imediatamente as operações de resgate depois que eles contataram o helicóptero perdido", afirmou um dos parentes.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.