Helicóptero com 18 a bordo cai na costa do Canadá

As equipes de resgate vasculham hoje as águas geladas do Atlântico Norte em busca de 16 pessoas desaparecidas, após o helicóptero no qual viajavam a uma plataforma de petróleo ter apresentado problemas mecânicos e caído ao largo da Terra Nova, no Canadá, disseram funcionários canadenses. Das 18 pessoas a bordo, uma foi resgatada e outra morreu na queda. As outras pessoas estão desaparecidas a uma distância 48 quilômetros da costa, em mar aberto, disseram os funcionários em uma coletiva.O resgate conseguiu retirar uma pessoa da água com outro helicóptero, enquanto os 16 ainda estão desaparecidos. O homem resgatado, Robert Decker, está em condições críticas, mas estáveis, no hospital Sciences Centre em St. John''s, Terra Nova. Jeri Grychowski, do Centro de Coordenação de Resgates em Halifax, confirmou uma morte na queda do helicóptero, mas não está claro se o corpo foi recuperado. Dois botes infláveis foram encontrados na água, mas os socorristas confirmaram mais tarde que eles estavam vazios."Os dois botes foram checados e não havia ninguém neles", disse Grychowski. "O resgate continua as buscas porque eles devem estar com os coletes vestidos sobre o corpo". A temperatura da água era zero grau. O major Denis McGuire, do Centro de Coordenação de Resgates, disse que o tempo de sobrevivência previsto nas águas geladas, vestindo o colete e o traje de sobrevivência, é de 24 horas.McGuire confirmou que os socorristas conseguiram captar sinais dos trajes, mas não avistaram nenhum pessoa. O helicóptero, um S-92 Sikorsky, caiu a 88 quilômetros ao sudeste de St. John''s, a capital da província da Terra Nova e Labrador. "Foram informados problemas mecânicos, mas não sabemos de qual natureza", disse a porta-voz do Escritório de Segurança nos Transportes do Canadá, Julie Leroux.Aviso O piloto conseguiu informar que o helicóptero estava com problemas técnicos e avisou que tentaria voltar a St. John''s, disse Rick Burt, da Cougar Helicopters, a empresa operadora do serviço entre a terra firme e as plataformas. O helicóptero emitiu um pedido de socorro logo antes das 8 horas da manhã desta quinta-feira, na rota para a plataforma de Hibernia, disse Dave Bowen, também do centro de coordenação de resgate.A sala de emergência no hospital St. John''s foi preparada para receber "pessoas muito feridas ou com hipotermia", disse Débora Collins, porta-voz do Conselho de Saúde da província. O campo de petróleo de Hibernia fica em mar aberto, 321 quilômetros ao leste de St. John''s. O campo é explorado por uma consórcio de petrolíferas, entre elas a norte-americana Exxon Mobil, a Chevron Canadá Resources, a Petro-Canada, a Canadá Hibernia Holding Corporation, a Murphy Oil e a StatoilHydro Canadá Ltd.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.