AFP PHOTO / Paul GYPTEAU
AFP PHOTO / Paul GYPTEAU

Helicóptero de combate cai na Síria e mata dois militares russos

Segundo Ministério da Defesa da Rússia, aeronave ‘não foi derrubada’ e ‘não foi alvo de tiros’. Desde o início da intervenção de Moscou no território sírio, sete militares russos morreram em missão

O Estado de S. Paulo

12 Abril 2016 | 10h18

MOSCOU - Um helicóptero de combate russo caiu nesta terça-feira, 12, na Síria, causando a morte de seus dois ocupantes, informou o Ministério da Defesa da Rússia. A aeronave, um Mi-28N, caiu durante a madrugada na região de Homs, de acordo com um comunicado.

O Ministério da Defesa russo indicou que o helicóptero "não foi derrubado" e que “não foi alvo de tiros”.

"Os dois membros da tripulação morreram. No curso dos trabalhos de salvamento, os corpos dos dois pilotos foram levados para a base aérea de Hmeimim", no noroeste da Síria, perto de Latakia, afirmou o Ministério da Defesa russo em nota.

Sete militares russos morreram em missão desde o início da intervenção de Moscou na Síria em 30 de setembro. De acordo com o Estado-Maior, outro soldado russo cometeu suicídio.

A Rússia retirou em março a maior parte das forças que havia enviado ao país em setembro para apoiar o regime do presidente sírio, Bashar Assad. No entanto, o Kremlin mantém algumas forças no país árabe para continuar o combate ao Estado Islâmico e outros grupos terroristas. /AFP e EFE

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.